Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia elétrica

Usina Governador Parigot de Souza completa 50 anos

27/01/2021 | 09h45

A Usina Governador Pedro Viriato Parigot de Souza (GPS) completou 50 anos nesta terça-feira, 26 de janeiro. O presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero, e o diretor geral da Copel Geração e Transmissão, Moacir Carlos Bertol, visitaram a usina para comemorar a data com a equipe responsável pela planta e anunciaram um investimento de R$ 100 milhões para uma nova etapa de modernização do empreendimento.

Com quatro unidades geradores que somam 260 megawatts de potência, está localizada no município de Antonina (PR) e pode produzir energia para atender ao consumo de até 750 mil pessoas. Apesar de cinquentenária, GPS em plena forma. No ano 2000, passou por uma ampla modernização, passando a ser operada a distância a partir do Centro de Operação de Geração e Transmissão da Copel, localizado em Curitiba.

“Nós, como gestão atual da Copel, temos enorme responsabilidade não só para respeitar essas cinco décadas de história, mas principalmente para projetar o futuro. Por isso, neste ano de 2021, em que a usina completa 50 anos, aprovamos o maior plano de modernização de sua história. Serão R$ 100 milhões que servirão para modernizar todas as unidades geradoras, tornando-as mais modernas e eficientes”, anunciou o presidente.

A hidrelétrica é um dos grandes feitos das equipes de engenharia da Copel e teve um papel importante no desenvolvimento do Estado. “E tem um significado muito especial para minha família. Fico feliz em ter a honra de ser presidente da Copel neste momento, porque foi durante o governo do meu avô, Paulo Pimentel, que ela foi construída e inaugurada. Uma obra que trouxe tantos benefícios para o litoral do Paraná, para o Estado e para o sistema elétrico como um todo", lembra Slaviero.

Divulgação



Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar