Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
EUA

Preços do petróleo saltam quase 5% com sinais de aumento de demanda

14/04/2021 | 18h20

Os preços do petróleo saltaram quase 5% nesta quarta-feira, depois que um relatório da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) e dados sobre os estoques da commodity nos Estados Unidos deram impulso ao otimismo com a retomada da demanda após os lockdowns relacionados à pandemia de Covid-19, que derrubaram o consumo de combustíveis no último ano.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 2,91 dólares, ou 4,6%, a 66,58 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) avançou 2,97 dólares, ou 4,9%, para 63,15 dólares o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA recuaram em 5,9 milhões de barris na semana passada, disse a Administração de Informação sobre Energia (AIE), superando as expectativas de analistas, que projetavam uma queda de 2,9 milhões de barris. Os estoques na Costa Leste do país atingiram uma mínima recorde.

"No geral, foi um relatório muito positivo", disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago. "Realmente parece que estamos retornando a alguns números mais sólidos de demanda, e isso deve nos manter avançando."

Mais cedo na sessão, os preços já avançavam por causa de um relatório da IEA, que projetou que oferta e demanda globais de petróleo devem retornar a um equilíbrio no segundo semestre deste ano. A agência acrescentou que os países produtores precisam bombear 2 milhões de bpd adicionais para atender à demanda esperada.

 



Fonte: Reuters, 14/04/2021
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar