acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produção

AIE aponta queda na oferta global de petróleo de 720 mil barris/dia em agosto

13/09/2017 | 09h08

A oferta global de petróleo diminuiu em agosto pela primeira vez em quatro meses, em razão da passagem do furacão Harvey pelos EUA, de uma queda na produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e de operações de manutenção típicas do verão no Hemisfério Norte, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE).

Em relatório mensal publicado hoje, a AIE informou que a oferta mundial sofreu queda de 720 mil barris por dia (bpd) no mês passado em relação a julho, a 97,7 milhões de bpd. De qualquer forma, esse nível permaneceu 1,2 milhão de bpd acima do de um ano antes.

O Harvey, que atingiu os EUA no fim de agosto antes de ser rebaixado para tempestade tropical, interrompeu a produção de cerca de 200 mil bpd no país no mês passado, de acordo com o documento. A AIE prevê que esse volume aumentará para 300 mil bpd em setembro.

A oferta apenas da Opep caiu 210 mil bpd em agosto, a 32,67 milhões de bpd, após atingir o maior patamar do ano no mês anterior, de acordo com a AIE, que atribuiu o resultado a conflitos na Líbia e a maiores esforços do cartel para cumprir um acordo que prevê corte em sua produção.

Ontem, a própria Opep estimou redução menor na sua produção de agosto, de 79 mil bpd.

Por um acordo assinado no fim do ano passado e renovado em maio, a Opep e dez grandes produtores que não pertencem ao grupo têm o compromisso de reduzir sua oferta combinada em cerca de 1,8 milhão de barris por dia até pelo menos março de 2018. A ideia é aliviar o excesso de oferta global e ajudar a sustentar os preços do petróleo.

O pacto, no entanto, não tem impulsionado as cotações do petróleo como se previa, em parte porque a oferta de óleo de xisto dos EUA cresceu significativamente.

A AIE voltou a elevar sua projeção para o avanço na demanda global por petróleo em 2017, de 1,5 milhão de bpd para 1,6 milhão de bpd.

A AIE informou ainda que os estoques comerciais da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) ficaram estáveis em julho ante o mês anterior, a 3,016 bilhões de barris, mas ainda 190 milhões de barris acima da meta da Opep, de atingir a média dos últimos cinco anos.



Fonte: Dow Jones Newswires, 13/09/2017
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar